Direitos

Voltar a estudar depois dos 40 anos: Realidade de muitos brasileiros

novembro 10, 2020

A educação no Brasil infelizmente não é uma das mais empolgantes do mundo, o país está na posição 68º no ranking mundial de educação. Isso reflete o baixo desenvolvimento da educação no país. Com isso, o Governo tem criado formas de aumentar o grau de educação acadêmica de indivíduos, principalmente aqueles que abandonaram a escola quando mais jovens.

Programas de educação do Governo

Após o país ficar por anos em péssimas posições no ranqueamento de nível educacional em vários anos consecutivos, foi criado pelo Governo Federal diversos mecanismos para aumentar o nível de educação da população brasileira.

Dentre as principais estratégias estão a inclusão de cursos profissionalizantes desde cedo na educação de jovens. Desse modo, os jovens já sairão da escola com uma profissão a seguir. 

Para este esquema funcionar, programas como o PRONATEC e o Educa Mais Brasil foram criados. Estes programas oferecem bolsas de estudos para milhares de estudantes todos os anos em todos os estados brasileiros.

Por meio deles, os jovens podem se matricular em instituições de renome como o SENAC e SENAI e dessa forma, frequentar um curso de sua preferência sem custos ou com um desconto de pelo menos 50% do valor total do curso.

Recuperação de adultos para a sala de aula

Aliado tampem a ideia de aperfeiçoamento profissional de jovens, o Governo viu que isso ainda não era o suficiente. Desse modo, foram criados outros programas para dessa vez, tentar recuperar pessoas que haviam abandonado a escola.

Desse modo, o programa Encceja 2021 foi criado. A partir do Encceja, milhares de adultos puderam finalmente terminar o ensino fundamental e médio e obter seus certificados reconhecidos pelo MEC.

Além é claro, de poder voltar a estudar depois dos 40 anos longe de uma sala de aula ou mais.

Sendo o principal programa de recuperação de estudantes, o Encceja é um projeto que traz para si todas as pessoas que abandonaram a escola e agora possuem idade avançada para os anos letivos.

Dessa forma, pessoas acima dos 18 anos podem voltar para uma escola e em um tempo menor, cumprir toda a carga educacional do ensino fundamental e ensino médio.

Após fazer a inscrição do Encceja, todo estudante deverá realizar a prova do Encceja referente ao ano letivo que está estudando. Desse modo, caso seja aprovado, o estudante receberá o seu certificado.

E uma das grandes vantagens do Encceja, é que o programa conta com aulas em horários flexíveis. Assim, as pessoas que trabalham durante o dia e a tarde poderão frequentar a escola no período da noite.

Desse modo, a busca pela educação não atrapalharia em nada a vida profissional do estudante. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *